A Segunda Vinda de Jesus

A Segunda Vinda de Jesus

 

 

 

João 14:1-3 – Jesus prometeu que voltará

Atos 1:9-11 – Os Anjos confirmam Sua promessa e testificaram da sua veracidade

Judas 14 – Enoque, o sétimo depois de Adão, profetizou acerca da volta de Jesus

Sal. 50:3 – Davi declara: “o nosso Deus virá”.

Há mais de 1.500 profecias sobre a segunda vinda de Jesus, registrada na Bíblia. Para cada profecia sobre a primeira vinda de Jesus no Velho testamento, há oito que predizem Sua segunda vinda. A volta de Jesus é mencionada uma vez em cada cinco versículos do Novo Testamento.

Apoc. 1:7 – Quando Jesus vier, todo o olho verá

Mateus 24:27 – A vinda de Jesus é comparada a um relâmpago que ilumina todo o céu.

I Tes. 4:16, 17 – Será um acontecimento audível. Os justos mortos ressuscitarão e, juntamente com os justos vivos, serão levados para o céu.

Apoc. 6:14-17 – Os ímpios, tomados de medo, pedirão às rochas que caiam sobre eles e o escondam da presença de Jesus

Mat. 13:37-43 – O pecado será eliminado do Seu reino pelo fogo e os justos serão salvos para sempre.

Isa. 25:9 – Os justos regozijar-se-ão com a vinda de Jesus. Alegremente exclamam: ”Eis o nosso Deus…”

Apoc. 19:11-16 – Como Rei dos reis, à frente dos exércitos celestiais, Ele regressa em triunfo, como Senhor.

Tito 2:13 – A Sua vinda é chamada a “bem aventurada esperança” de uma humanidade perdida.

Apoc. 22:11,12 – O último convite de Jesus para que o mundo se prepare para a Sua vinda (Apoc. 22:17,20)


Perguntas sobre a Vinda de Jesus

Quando lemos “estando dois no campo, será levado um e deixado o outro” podemos concluir que a segunda vinda de Jesus será um acontecimento que poucos saberão?

A Bíblia claramente afirma que a vinda de Jesus não será um acontecimento secreto (Apoc. 1:7; Sal. 50:3; I Tes. 4:16, 17; Mat. 24:27). Quando a Bíblia fala dos que são deixados vivos, não diz que serão deixados vivos na terra. A extensa passagem em Luc. 17:26-37 descreve o fato em pormenores. Nos dia de Noé havia duas classes de pessoas: “uma foi tomada” (salva), “ a outra deixada” (destruída pelo dilúvio, verso 27). Nos dias de Ló, havia duas classes (uma, que foi tomada da cidade e salva e a outra que foi deixada na cidade e foi destruída pelo fogo). Quando Jesus vier, vai acontecer o mesmo ( Luc. 17:30-37). Uma classe ou grupo será levado para o Céu com Jesus e o outro será destruído. Em Luc. 17:37, a pergunta é feita: “onde, Senhor?” Onde é que essas pessoas serão deixadas? A resposta da Bíblia é clara: “Onde estiver o corpo aí se ajuntarão as águias”. Apoc. 19:11-18 diz que os ímpios serão destruídos quando Jesus vier (ver também II Tes. 1:7-9; 2:8)

 Porque a Bíblia diz que Jesus virá como um ladrão?

Sempre que a Bíblia se refere à vinda de Jesus como um ladrão, isso tem que ver com o momento inesperado da sua volta e não quanto ao modo. Ele virá como um ladrão; isto é, sem ser esperado, como o ladrão que ninguém aguarda; mas Ele virá com o esplendor glorioso de um relâmpago, em triunfo (ver: Mat. 24:42-44; I Tes. 5:1-5; Mat. 24:27).

Será que o povo de Deus experimentará tribulação que há de vir ou será ele arrebatado antes da tribulação?

As experiências do antigo Israel constituem exemplos dados por Deus ao seu povo que viverá no tempo do fim. Assim como Israel foi libertado da escravidão egípcia após as pragas, também a igreja de Deus será protegida durante o período da mesma e será libertada da mão do opressor (I Cor. 10:11; Sal. 91:46). Sadraque, Mesaque e Abedenego foram jogados na fornalha de fogo ardente por se recusarem a obedecer ao decreto mortal e universal do rei de Babilônia. Deus os livrou miraculosamente dessas chamas. A sua fé que desafiava a morte enfrentou as chamas (Dan. 3: 16-28). Ele virá como um ladrão depois das pragas (Apoc. 16:15). Que sentido teria a declaração “eis que venho como um ladrão” depois de elas já terem caído? Apoc. 15:8 declara enfaticamente que “ninguém entrará no templo (celestial) até que as pragas tenham caído”. II Tes. 2:1-3 claramente afirma que o anticristo é revelado antes que Jesus venha e será destruído pelo esplendor da Sua vinda (II Tes. 2:8)

A Bíblia ensina que os justos recebem o seu galardão quando forem arrebatados no início da tribulação de sete anos enquanto que os injustos são destruídos no fim da tribulação de sete anos?

As parábolas de Jesus ensinam claramente que a segunda vinda de Jesus é um acontecimento decisivo. Homens e mulheres se salvam ou se perdem. Não existe nenhum período de sete anos para reconsiderar as nossas vidas. Agora é o dia da salvação (II Cor. 6:2). Em Mat. 13:30, o trigo e o joio (os justos e os injustos) crescerão junto até à ceifa. Os justos serão salvos e os injustos perder-se-ão. Na parábola das ovelhas e dos bodes, Jesus quer dizer que os homens e as mulheres ou são salvos ou se perdem quando Jesus vier (Mat. 25:31-46).

 

 

 

(1685)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *