Propriedades da soja

Beneficie-se das propriedades da soja

 

História

A soja é um dos mais antigos produtos agrícolas que a humanidade conhece. Os primeiros dados escritos sobre sua cultura remontam a 5.000 anos atrás, quando Shen-nung, imperador chinês, mencionou em seu livro classificando-a entre as 5 plantas consideradas sagradas na época.

A soja é o grão mais importante não só na China, como Coréia, Japão e Malásia. É um ingrediente básico da cultura oriental consumida em diversos produtos.

No Ocidente, as propriedades nutricionais da soja como alimento benéfico na dieta só foram descobertas mais tarde. No Brasil, os grãos de soja teriam sido trazidos pela primeira leva de imigrantes japoneses em 1908, escondidos em cestos feitos com varas de salgueiro, sendo plantados nos quintais para a produção caseira de missô. Na década de 70, o Brasil conheceu uma grande expansão do cultivo da soja no cerrado, em função da injeção do capital japonês no setor, resultante da proibição da exportação de soja para o Japão imposta pelo governo norte-americano Hoje em dia são conhecidos milhares de variedades da leguminosa. Atualmente o Brasil é um dos maiores produtores de soja do mundo, sendo a maior parte para exportação.

A soja e a Saúde

A soja é considerada um alimento funcional porque além de funções nutricionais básicas, produz efeitos benéficos à saúde, reduzindo os riscos de algumas doenças crônicas e degenerativas.

Sob o aspecto nutricional a soja é rica em proteínas de boa qualidade (possui de 35 a 40% proteínas de alto valor biológico – contendo os 10 aminoácidos essenciais em teor adequado, exceto a metionina) eliminadoras de radicais livres por conterem poderes antioxidantes, possui ácidos graxos poliinsaturados (essenciais ao organismo por conter ômega 6 – ácido linoléico – e ômega 3 – ácido linolênico).e compostos fitoquímicos como: isoflavonas, saponinas, fitatos, dentre outros. Também é uma excelente fonte de minerais como: cobre, ferro, fósforo, potássio, magnésio, manganês, enxofre, cloro e vitaminas como A, C, E além do complexo B.

Os efeitos fitoterápicos da soja foram identificados por pesquisadores que observaram que consumir grandes quantidades de soja e derivados, reduz as incidências de alguns tipos de câncer (mama, colo do útero e próstata), bem como doenças cardiovasculares (a soja permite uma maior retirada do LDL, o chamado colesterol ruim, da corrente sanguínea; além disso, diminui os níveis de triglicérides e um pequeno aumento dos níveis de HDL, conhecido como colesterol bom). Influencia também reduzindo os riscos de diabetes, arteriosclerose e mal de Alzheimer. Também é recomendada na tensão pré-mestrual, no alívio dos sintomas indesejáveis da menopausa e na prevenção da osteoporose.

O FDA, órgão que regulamenta a produção de alimentos e medicamentos nos Estados Unidos, recomenda a ingestão diária de 25g de proteína de soja, que corresponde à aproximadamente 60g de grãos de soja, para o controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos reduzindo, assim, os riscos de enfarto, trombose, aterosclerose e acidentes vasculares cerebrais (AVC).

Os principais produtos hoje no mercado à base de soja são: tofu, nattô, missô, shoyu, kinako, dentre outros.

(364)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *