Quando o Deus de Amor castiga

“Deus é amor” ( I São João 4:8 ). Apesar disto, o diabo em sua rebelião negou este traço do caráter de Deus e O acusou de injusto, argumentando que exigir fidelidade e obediência à Santa Lei era falta de amor. Quando finalmente conseguiu que o ser humano vivesse à margem da lei, ou sela, que vivesse em pecado ( I São João 3:4 ), e pelo pecado entrasse a dor ( Isaías 24:4-6 ) e finalmente a morte ( Romanos 5:12, 19 ), conseguiu que Deus fosse acusado de injusto por não acabar com tudo isto. Na cruz, porém, Deus exibiu inquestionavelmente Sua justiça e Sua misericórdia. Foi tão justo que não pode tolerar o pecado, pelo que castigou em Cristo, nosso substituto ( Isaías 53:6 ). Ao mesmo tempo expressou tanto amor que “deu Seu Filbo unigênito, para que todo o que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna” ( São João 3:16 ). Sim, na cruz de Cristo “encontraram-se a graça e a verdade, a justiça e a paz se beijaram” ( Salmo 85:10 ).

Satanás, porém, continua infiltrando calúnias contra o caráter de Deus. “Se é bom – dizem alguns – por que castiga e destrói?” “Se é justo – dizem outros – por que permite que o pecado continue?” Mas a Santa Bíblia esclarece ambos os pontos. O Senhor “é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento” ( II São Pedro 3:9 ). Ao mesmo tempo diz: “Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso, e arrepende-te” ( Apocalipse 3:19 ). Finalmente, esgotados os recursos que conduzem ao arrependimento, em um ato de misericórdia, e por amor de Sua justiça, Deus terá de fazer Sua “obra estranha” ( Isaías 28:21 ), destruindo aos que escolheram viver à margem dos princípios que imperarão no reino eterno (porque Deus é tão justo e misericordioso que respeita o livre-arbítrio e terá que permitir que os rebeldes colham as consequências da decisão que fizeram). Podemos falar de dois momentos em que o amor se expressará na estranha linguagem do castigo: antes do milênio e depois do milênio.

 

ANTES DO MILÊNIO, AS SETE ÚLTIMAS PRAGAS

1. Que duas realidades contrastantes ficarão em evidência ao caírem as pragas preditas no Apocalipse? Apocalipse 16:1-11.

a. Com respeito àqueles que recusaram a graça de Deus ( 16:9,11 ).

“… e o nome de Deus.”

“… E nem se para Lhe darem glória.”

b. Com respeito ao caráter de Deus ( 16:5-7 ).

Deus é . Os juízos de Deus são e

Nota: Desde a entrada do pecado “nos tornamos espetáculo ao mundo, tanto a anjos, como a homens” ( I Coríntios 4:9 ). A cruz de Cristo, a forma como Deus lidou com o drama do pecado e Seu caráter refletido no remanescente fiel acabarão reivindicando o caráter de Deus ante o Universo. Disto resultarão as conclusões corretas às quais se chegará quando caírem as sete últimas pragas.

2. Sobre quem cairão as sete últimas pragas? Apocalipse 16:1-21.

1. ( 16:2 ) sobre

2. ( 16:3 ) sobre

3. ( 16:4-6 ) sobre

4. ( 16:8 ) sobre

5. ( 16:10 ) sobre

6. ( 16:12 ) sobre

7. ( 16:19,21 ) sobre

Nota: As pragas expressam a ira santa de Deus contra aqueles que têm a marca da besta ( 16:2 ) e sobre o trono da besta ( 16:10 ), o que prepara o caminho para a batalha do Armagedom ( 16:12 ) e divide a tríplice aliança do espiritismo, catolicismo e protestantismo apóstata ( 16:13,14, 19 ). Estas pragas cairão sucessivamente, mas durante um período curto, pois quando cair a quinta praga os homens ainda estarão sofrendo o efeito da primeira ( 16:2, 11 ).

3. Quem escapará das pragas? Apocalipse 15:2, 3. Veja-se também Apocalipse 7:2, 3 e 9:4.

“… Os vencedores da , da sua e do do seu .”

Nota: Deus é justo e protegerá os que aceitarem o dom de Sua graça, oferecido com todo amor ( Apocalipse 12:11 ). Os redimidos de Cristo que aceitaram o selo de Deus e recusaram a marca do anticristo não serão castigados com as sete últimas pragas ( Salmo 12:7; Isaías 32:18, 19; Salmo 91:10, 11, 15 ). Os salvos louvarão ao Senhor por Seu livramento ( Apocalipse 15:3-6 ).

NÃO HAVERÁ OUTRA OPORTUNIDADE PARA OS QUE AGORA RECUSAM A GRAÇA

A Santa Bíblia diz que “aos homens está ordenado morrerem uma só vez e, depois disto, o juízo” ( Hebreus 9:27 ). Apocalipse 15:7, 8 diz que quando os sete anjos receberam as “sete taças de ouro, cheias da cólera de Deus”, o santuário onde Jesus intercede durante o juízo “se encheu de fumaça, procedente da glória de Deus e do Seu poder, e ninguém podia penetrar no santuário, enquanto não se cumprissem os sete flagelos dos sete anjos”, o que nos sugere que então haverá passado o tempo de graça e preparação; já não haverá acesso ao trono da graça.

4. Que solene anúncio Jesus fará no final do juízo investigativo, demonstrando que haverá um momento em que se fechará a porta da graça e Ele virá à Terra como juiz? Apocalipse 22:11, 12.

“Continue o fazendo , continue o ainda sendo ; o continue na prática da e o continue a .”

DEPOIS DO MILÊNIO, O LAGO DE FOGO E ENXOFRE

Jesus mencionou a São João no Apocalipse, 15 vezes o lago de fogo, a fim de que compreendêssemos que isto constituía uma parte necessária do plano da salvação, para abolir o pecado e preparar um lugar seguro para o remanescente fiel. São Pedro também fala disto ao declarar: “Porque o Senhor sabe livrar da provação os piedosos, e reservar, sob castigo, os injustos para o dia do juízo” ( II São Pedro 2:9 ). Quando São Pedro diz que serão castigados no dia do juízo, está destacando que Deus é justo. Não lança ninguém no fogo sem que primeiro haja sido julgado e condenado. Isto coincide com o que diz nosso Senhor Jesus Cristo ( São Mateus 13:40-42 ) e com Apocalipse 20 , onde fica claro que o fogo não é agora, mas depois do milênio.

5. Que cairá sobre os seguidores de Satanás quando rodearem a Nova Jerusalém, no final do milênio? Apocalipse 20:9, 10.

“… Desceu, porém, e os .”

“O diabo, sedutor deles, foi para dentro do de e enxofre…”

Nota: II São Pedro 3:10-12 leva-nos a crer que este fogo incendiará toda a Terra.

6. Para quem, especialmente, está preparado este lago de fogo? São Mateus 25:41.

“… para o e .”

Nota: Assim como o câncer tem de ser eliminado ou do contrário se multiplicará até causar a morte e a destruição, o pecado, que é a transgressão da lei ( I São João 3:4 ), tem de ser erradicado, do contrário transtornaria o Universo. Se insisto em contaminar-me com o pecado, é lógico que serei destruído com ele. Deus não pode permitir que o pecado contamine o novo reino que Ele estabelecerá, por isso acabará com o pecado, com seu instigador e com seus adeptos. Apocalipse 20:15 diz que os que não se encontram inscritos no livro da vida serão lançados no lago de fogo.

 

FOGO ETERNO E SUAS CONSEQÚÊNCIAS

Quando o Apocalipse fala do fogo eterno, o faz numa linguagem que confunde aqueles que crêem que este durará toda a eternidade. Felizmente, no mesmo livro se explica o que Deus quis dizer, para que não fique dúvida a este respeito. Deus não está dizendo que por 80 anos de pecado alguém terá de arder milhões e milhões de anos na eternidade sem fim, pois quando o Senhor vier, dará “a cada um segundo as suas obras” ( Apocalipse 22:12 ). O sentido é que desse fogo não se poderá escapar, porque é um fogo de conseqúências eternas (Exemplo: Isaías 47:14 ).

7. O que os adeptos do pecado experimentarão no lago de fogo? Apocalipse 21:8; Malaquias 4:1, 3.

“… A parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, .”

“… De sorte que não lhes deixará nem nem … se farão debaixo da planta dos vossos pés…”

Nota: Só os vencedores em Cristo não sofrerão o dano da segunda morte ( Apocalipse 2:11 ). A diferença entre a primeira morte e a segunda é que da segunda não há ressurreição. É a morte eterna. Como diz Ezequiel 28:19 sobre o altivo rei de Tiro, figura de Satanás (que também será lançado no lago de fogo): “jamais subsistirás”. Neste dia se cumprirá de forma irreversível a penalidade do pecado, que é a morte ( Romanos 6:23 ). A Bíblia diz: “A alma que pecar, essa morrerá” ( Ezequiel 18:4 ).

8. Que partes do ser humano serão lançadas no lago de fogo? São Mateus 5:30; 10:28.

“…Temei antes Aquele que pode no inferno tanto a como o .”

Nota: Falando da besta e o falso profeta, diz a Bíblia que serão lançados vivos no lago de fogo ( Apocalipse 19:20 ). No estudo 12 vimos o que ocorre quando uma pessoa morre e no estudo 7 descobrimos que os adeptos do pecado ressuscitarão depois do milênio, quando receberão a condenação eterna. Portanto, é lógico que sejam lançados com o corpo no fogo eterno.

9. Depois que os adeptos do pecado e Satanás tiverem ardido no lago de logo de acordo com suas obras, que ocorrerá com eles e também com a morte, o inferno (sepulcro) e o mesmo fogo? Apocalipse 20:9, 12-14; Ezequiel 28:19.

“… Desceu, porém, fogo do céu e os .”

“… Então a morte e o inferno (sepulcro) foram para dentro do de . Esta é a .”

“… E jamais .”

Nota: Um fogo que não se apaga é um fogo que arde enquanto lhe resta uma partícula de combustível. Quando tudo o que pode ser queimado estiver consumido, o fogo desaparece. Isto é o que diz Malaquias 4:1-3 , onde é dito que os ímpios arderão como restolho; que não ficaria deles nem raiz nem ramo; e que serão reduzidos a cinzas. Exatamente o mesmo explica . 0 fogo que cairá sobre o diabo, seus anjos e os adeptos do pecado, arderá sem cessar até que os consuma ( 20:9 ); ou seja, até terminar com eles. Por isso se diz que esta é “a segunda morte” ( 20:14 ). Terminado o combustível, terminará o fogo. Por isso esse fogo será de conseqúências eternas, irreversíveis. Será a segunda morte.

 

O QUE HAVERÁ DEPOIS

 

10. Segundo Deus mostrou a São João, o que ocorrerá com os fiéis quando o pecado, seu instigador e seus adeptos forem destruidos? Apocalipse 21:3-5.

“E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a já não existirá, já não , nem , nem , porque as primeiras coisas .”

Nota: Em nosso próximo estudo veremos como será esta cidade espacial de Deus e o que ocorrerá com a Terra depois que o fogo se houver extinguido. Será emocionante ler a descrição bíblica do novo Eden, reservado para o remanescente fiel.

(702)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *