Os pães integrais são fonte de vitaminas B, regula o aparelho intestinal e combate a decadência prematura do organismo

Ingredientes

2 kg de farinha integral

4 Copos de água

1/2 Copo de óleo

1 Colher e meia de sal

6 Colheres de açucar mascavo

1 Cebola média ralada

1/2 Copo de linhaça

1/2 Copo de gergilim

1 Pacote 40g fermento biológico seco

Preparo

Coloque o Fermento, o açúcar mascavo, e o sal misture e espere derreter. Acrescente a cebola, a farinha, linhaça e o gergilim, misture bem e em seguida óleo, àgua até a massa ficar homogenia.

Em uma área lisa, abra a massa com um rolo em forma retangular, enrrole a massa fazendo o molde do pão semelhante de forma e colocando-o com o final da massa virado para baixo numa forma untada.

Aproximadamente 30 minutos para assa ou quando ver o fundo do pão bem dourado.

Bom apetite

Você precisa saber

O pão integral, aconselhado a quem padece de determinados problemas de saúde, como a diabetes e a obesidade, é produzido à base de farinha de trigo, podendo, todavia, apresentar na sua constituição farinhas de centeio e milho.

No entender de alguns estudiosos, já se consumia pão integral na pré-história. Nessa época, não existiam meios de refinamento, talvez por isso também que não vemos na ciência informação de que os povos antigos tinham diabetes, obesidade etc.

A ingestão de pão integral apresenta benefícios manifestos, por causa do elevado teor de fibra, decorrente da baixa refinação da farinha que o compõe. Esta circunstância leva a que o efeito saciante que provoca reduza a sensação de fome. Adicionalmente, a fibra insolúvel, abundante neste tipo de pão, regulariza o trânsito intestinal, o que representa vantagem em casos de obstipação.

A inserção do pão integral na alimentação é recomendada por diversas entidades e indicada a pessoas que pretendam seguir um programa alimentar de redução e ou controle de peso.

(1059)

Comments

comments

Powered by Facebook Comments