ANGINA DO PEITO

 

Definição: Consiste em espasmos, ou estreitamento, reversível das artérias coronárias. Essas artérias são encarregadas de proporcionar irrigação apropriada ao músculo do coração para que ele possa bater. A angina do peito, ou angor pectoris, manifesta-se com dor intensa e opressiva no lado esquerdo do tórax, que pode se irradiar ao braço do mesmo lado. Geralmente, ocorre depois de esforço físico, emoção intensa ou situação de estresse. Diferentemente, do enfarte, a angina do peito é reversível e costuma passar sem causar danos permanentes ao coração.

Alimentação e fatores de risco

O tipo de alimentação influi muito o bom estado e funcionamento das artérias coronárias.

Fatores que favorecem a angina do peito:

  • A arteriosclerose (estreitamento e endurecimento) das artérias coronárias. A alimentação pobre em vegetais e rica em gorduras saturadas é uma das causas mais importantes, juntamente com o fumo e a falta de exercício físico.
  • A tendência a espasmos ou contraturas dos músculos lisos (involuntários), que formam a parede das artérias. A deficiência de magnésio e de outros nutrientes favorecem esses espasmos.

AUMENTAR:

Uva, Nozes, Cebola, Cereais integrais, Centeio, Batata, Pêssego, Morango, Abóbora, Abobrinha, Castanha de caju, Manga. 

Obs: a cebola evita a arteriosclerose, torna o sangue mais fluido e melhora a circulação sanguínea nas artérias coronárias.

REDUZIR OU ELIMINAR:

Gorduras saturas e Sódio

(231)

Comments

comments

Powered by Facebook Comments