Como Guardar a Palavra no Coração

Muitas coisas serão guardadas em seu coração hoje, mas a primeira deve ser a programação diária de Deus, escrita no Livro Sagrado – nosso Manual Divino.

“Do preceito de seus lábios nunca me apartei, e as palavras da sua boca guardei mais do que a minha porção.” Jó 23:12

“Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. Salmos 119:11

“Amados, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero; Para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador.” 2 Pedro 3:1-2

“A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.”  Colossenses 3:16

“…escreverá para si num livro, um traslado desta lei. …”  Deuteronômio 17:18

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1:8

“…narrai todas as Suas maravilhas.” Salmos 105:2.

O estudo de hoje tem como objetivo auxiliá-lo na educação ou reeducação de sue hábitos espirituais. Então, a tarefa de hoje é: Praticar quatro maneiras que o ajudarão a guardar a Palavra de Deus no coração. Memorizar, louvar, escrever e testemunhar.

MEMORIZAR A PALAVRA

Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em Meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.” João 14:26.

Esta declaração de Cristo deve levar-nos a pensar que hoje temos a obrigação e o dever de nos encher da Palavra de Deus. O mandamento sagrado é: “Buscai o Senhor enquanto se pode achar; invocai-O enquanto está perto.” Isa. 55:6. Cristo ordenou: “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas que testificam de Mim.” João 5:39. E Ele ainda disse na oração sacerdotal: “E a vida eterna é esta: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” João 17:3.

Reflita:

Caso a palavra escrita fosse tirada de suas mãos, conseguiria sobreviver espiritualmente com o que tem armazenado em sua mente?

O Espírito Santo vai relembrar aquilo que já ouvimos, lemos ou memorizamos. Por isso, o desafio diário de cada crente é: Ir à presença de Deus, nas primeiras horas do dia, e encher a mente com a Palavra e nela meditar durante o dia para nossa própria inspiração, e para testemunharmos a nossa fé aos outros.

Salomão escreveu:

“Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos, e o teu coração guarde os Meus Mandamentos.” Prov. 3:1.

O próprio Deus falou:

“Lembra-te do dia de sábado, para o santificar.” Êxo. 20:8.

Uma boa maneira de memorizar a Bíblia é reagir em oração ao que Deus acabou de falar em Sua Palavra. Vamos exemplificar:

“Fizeste-me conhecer os caminhos da vida, encher-me-ás de alegria na Tua presença.” Atos2:28. Coloque-se no lugar de Pedro e repita em oração esse versículo, depois coloque o seu sentimento e fale para Deus o quanto você está grato por ter recebido esta bênção. Fazendo assim, sua memória se habilitará a gravar os versos de forma bem natural. Quando Deus fala a você pela Bíblia e você fala com Ele pela oração durante seu momento de comunhão, vai ficar mais fácil memorizar o texto bíblico. O estudo meditativo da Palavra de Deus levará você a memorizar muitos textos, mesmo que não tenha essa intenção. Quando pensamos sobre um versículo, palavra por palavra, deixando que o Espírito Santo aplique sua mensagem à nossa vida, o texto fica impresso não apenas em nosso coração, mas também em nossa mente.

CANTAR A PALAVRA

Outra maneira pela qual podemos memorizar a Palavra é cantar seus textos. Muitos dos salmos, na verdade, são hinos. Uma das coisas boas da atualidade é que, em muitas igrejas, nos cultos, se cantam textos da Palavra de Deus.

Quem não se lembra de I João 4:8, Salmo 23 e outros textos que, cantados, ficam tão vivos em nossa memória? As mais apropriadas letras para o louvor são as que Deus mesmo proferiu. Ao cantar esses hinos, estamos memorizando a Bíblia.

Peça ao Espírito Santo para lhe ensinar a criar melodias para os seus versos e salmos prediletos. Cante esses trechos da Bíblia em seus momentos de comunhão pessoal, e com certeza esse será um bom exercício espiritual para fortalecer a sua alma contra os ataques do inimigo.

Medite, neste momento, nos conselhos de Davi e do apóstolo Paulo: “Salmodiai ao Senhor, vós que sois Seus santos, e dai graças ao Seu santo nome.” Sal. 30:4.

Entoai-lhe novo cântico, tangei com arte e com júbilo.” Sal. 33:3.

“Mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor.” Efés. 5:19.

ESCREVER A PALAVRA DE DEUS

Copiar o texto da Bíblia é outra maneira bem prática de memorizar o texto sagrado. Para seu momento de meditação, use um caderno ou computador, e procure anotar ou digitar os textos que mais tocaram seu coração. Quando escrevemos, percebemos melhor os detalhes do texto, e assim as coisas que não percebemos com uma simples leitura, poderão ser descobertas e aplicadas à vida.

Para aqueles que são pregadores, muitos sermões surgirão com essa prática. Os melhores sermões são aqueles que primeiro atingem o coração do pregador e assim serão pregados com mais poder e convicção. Quando Deus, por intermédio de Moisés, deu instruções para os futuros reis do povo de Israel, incluiu o seguinte:

“Também, quando se assentar no trono do seu reino, escreverá para si um traslado desta lei num livro, do que está diante dos sacerdotes levitas. E o que terá consigo, e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer ao Senhor seu Deus, a fim de guardar todas as Palavras desta lei, e estes estatutos, para os cumprir.” Deut. 17:18 e 19.

Diariamente lendo, escrevendo e cantando, estaremos guardando a palavra viva de Deus em nosso coração, e assim seremos fiéis em tudo ao nosso Deus.

FALAR DA PALAVRA DE DEUS

Outra maneira de guardarmos a Palavra de Deus no coração é falar e testemunhar dela a outros. “   Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!” Isa. 52:7. A bênção é total para quem fala e para quem ouve. Como é bom e que bênção é falar a respeito de Deus e Sua mensagem! Malaquias nos lembra que essa conversa é registrada num memorial no céu.

“Então aqueles que temeram ao Senhor falaram frequentemente um ao outro; e o Senhor atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o Senhor, e para os que se lembraram do seu nome.” Malaquias 3:16

Como nosso coração se sente edificado e aquecido quando falamos uns aos outros a respeito da Palavra! Foi o que aconteceu com os dois discípulos que iam pelo caminho de Emaús conversando com Jesus, e depois comentaram: “Porventura não nos ardia o coração, quando Ele pelo caminho nos falava, quando nos expunha as Escrituras?” Luc. 24:32.

A prática de falar sobre a Palavra também está incluída naquela abrangente passagem de Deuteronômio 6:4-9: “Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; nEle as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.”

E quanto mais meditarmos na Palavra, mais conteúdo teremos para nossa conversa e testemunho.

Conforme aprendemos hoje, continue buscando nas primeiras horas de cada dia a programação diária de Deus para sua vida. Vá a presença de Deus do jeito que se levantar; do contrário, o coração vai traí-lo. Um crente traído pelo coração não conseguirá fazer a vontade de Deus completamente.

 

(18398)

Comments

comments

Powered by Facebook Comments