A principal causa de cancer

Cientistas nos Estados Unidos anunciaram ter descoberto que um tipo de açúcar encontrado nas carnes vermelhas tem o potencial de causar sérios problemas de saúde, inclusive câncer.

A substância, chamada de ácido n-glicolilneurimínico (Neu5Gc), está presente em grandes concentrações na carne de porco, vaca e carneiro.

De acordo com o estudo de pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego, o corpo humano não consegue sintetizar a substância, e ela desencadearia uma resposta imunológica nociva ao corpo. Por sua vez, isso poderia provocar câncer e doenças cardíacas.

Este não é a primeiro estudo relacionando ingestão de carnes vermelhas a problemas de saúde. Mas desta vez, estudos anteriores se concentraram principalmente nos efeitos danosos de gorduras saturadas presentes nessas carnes e de substâncias produzidas durante o processo de cozimento.

Bebida de Neu5Gc

A nova pesquisa, se baseou em testes feitos em três voluntários, todos membros da equipe de pesquisa. Eles beberam uma solução purificada de Neu5Gc, extraída de porcos.

 
 
 
 
 
 

testes provaram que, se o ácido estiver presente na dieta, uma pequena parte dele é absorvido por tecidos do corpo, como o que compõe os vasos sangüíneos, e o restante é eliminado.

Cerca de dois dias depois de ingerida, a concentração da substância havia aumentado até três vezes no corpo dos voluntários.

Entre quatro e oito dias depois, a concentração já havia caído para quase o mesmo nível presente originalmente.

Invasor

A pesquisa também concluiu que, como a molécula não é produzida pelo corpo, ela é vista como um invasor pelo sistema imunológico, que reage.

De acordo com o professor Ajit Varki, que liderou a pesquisa, o ácido certamente não é perigoso imediatamente após ser ingerido, e que é possível que os humanos tenham desenvolvido uma tolerância a ele após milênios comendo carnes vermelhas.

“Pode ser que (por isso) o dano só se faça sentir com a passagem dos anos”, disse. “Contudo, nós estamos agora vivendo mais tempo, e a questão que surge é se a acumulação gradual de Neu5Gc e a presença simultânea de anticorpos produzidos contra a substância poderiam estar relacionadas ao desenvolvimento de certas doenças mais tarde.”

O professor Varki acredita que a molécula possa ser um dos principais obstáculos ao sucesso dos transplantes de órgãos de animais em humanos.

Cientistas estão tentando encontrar formas de frear a forte reação imunológica que é desencadeada nas tentativas de transplantar órgãos de porco em humanos.

Agora imagine, aqui só destacou uma substância; se voce analizar como estão doentes os animais, o meio que eles vive, o que comem. Isso são fatores que precisamos analizar quando comemos.

 

(404)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *