Saúde

Saúde

 

I.              O que o texto a seguir nos revela acerca dos cuidados de Deus para com Seu povo? 3 João 2

Deus não deseja apenas o bem estar da alma, mas também do corpo de Seus filhos. Versículo adicional: João 10:10

II.           Quais são as três áreas que devemos santificar para o Senhor? 1 Tessalonicenses 5:23

O Senhor espera que santifiquemos a Ele os aspectos espiritual, mental e físico de nossas vidas. Estas áreas abrangem todo o ser.

Nota: A palavra “alma” neste texto é, no grego, “psuche”, que na Bíblia é usadas muitas vezes em referência à mente.

III.        Que relação podemos ver nos seguintes versículos entre o aspecto emocional e o físico? Provérbios 15:13; 17:22

A pessoa alegre tende a ser mais saudável e de melhor aspecto, enquanto o mal humorado adoece mais facilmente.

IV.        Qual foi a dieta ideal para o ser humano dada antes da queda? Gênesis 1:29

Deus concedeu ao homem que comesse de toda erva que desse semente.

V.           Com a entrada do pecado, o que mais foi adicionado à dieta humana para ajudar na prevenção de doenças? Gênesis 3:18

O homem passou a utilizar a erva do campo.

VI.        Após o dilúvio, por causa da falta de vegetação e também para encurtar vida de pecado e sofrimento do ser humano, o que foi incluído em sua alimentação? Gênesis 9:3-4

O alimento cárneo, sem sangue, foi introduzido em seu regime alimentar.

VII.     Que distinção Deus fez entre os tipos de animais? Gênesis 7:2

Deus fez diferença entre os animais limpos e os que não são limpos, ou imundos.

VIII.  De que forma o Senhor explicou esta diferença aos Israelitas? Levítico 11:2-31; Deuteronômio 14:3-21

Deus explicou como diferenciar animais limpos de imundos, dizendo-os o que era ou não permitido comer.

IX.         Fazendo alusão aos últimos dias, o que nos mostra Isaías acerca da ingestão de carnes imundas? Isaías 66:16, 17

Deus revela que nos últimos dias a lei das carnes limpas e imundas ainda estará em vigor, e sua transgressão será a causa de muitos serem consumidos.

X.            Mesmo tendo dado instruções acerca da distinção das carnes e seu preparo, que tipo de dieta Deus concedeu ao povo de Israel para prepará-los para a terra prometida? Êxodo 16:35

Os Israelitas estavam acostumados à dieta estimulante do Egito, e com o fim de prepará-los para viver do fruto da terra de Canaã, Deus proveu uma alimentação que consistia do maná. Versículos adicionais: Números 11:7-8; Josué 5:12; 1 Coríntios 10:11.

 XI.         O que a Bíblia diz sobre bebidas fermentadas? Provérbios 20:1; 23:29-30

Quem as consome nunca será sábio.

XII.      De quem nosso corpo é templo? 1 Coríntios 3:16-17; 1 Coríntios 6:19

Nosso corpo é o templo do Espírito Santo, e não devemos profaná-lo de nenhuma forma.

XIII.   Qual deve ser a motivação por trás de todas as nossas ações? 1 Coríntios 10:31

Tudo deve ser feito para glorificar a Deus.

XIV.   Que promessa Deus deu a Seu povo, sob condição de obediência, que ainda se aplica a nós hoje? Êxodo 15:26

Deus prometeu a Israel que se obedecessem Sua voz, nenhuma das doenças dos egípcios viria sobre eles.

Objeções Comuns

Atos 10:13 “E foi-lhe dirigida uma voz: Levanta-te, Pedro, mata e come.”

  1. Se Jesus tivesse purificado todos os alimentos quando estava na Terra, Pedro de alguma forma nunca descobriu isso embora tenha passado três anos e meio com Ele;
  2. No verso 28, Jesus revelou a Pedro o significado da visão: “Deus mostrou-me que a nenhum homem chame comum ou imundo.”; Atos 10:28
  3. A mensagem de Jesus a Pedro nada tinha a ver com dieta, mas com fazer “acepção de pessoas”. Atos 10:34

 

João 2:3-9 “Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima…E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho…chamou o mestre-sala ao esposo.”

  1. Na Bíblia, suco de uva fermentado e não fermentado se traduz “vinho”;
  2. O contexto bíblico estabelece que nenhuma bebida alcoólica é aprovada por Deus na Bíblia;
  3. A quantidade de “vinho” que foi transformado da água nesta história revela que teria servido para embebedar as pessoas, e não apenas para uso social do álcool.

Mateus 15:11 “O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.”

  1. Os judeus tinham uma tradição que ensinava que as mãos precisavam ser lavadas cerimonialmente antes de comer se caso a pessoa tivesse contato com algum gentio;
  2. Jesus e seus discípulos foram acusados por não observarem essa tradição;
  3. O que Jesus falou foi uma parábola e, portanto, não deve ser aplicada literalmente;
  4. Cristo explicou o verdadeiro significado da parábola da seguinte maneira: “Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São estas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem.” Mateus 15:19-20

Gênesis 9:3 “Tudo quanto se move, que é vivente, será para vosso mantimento; tudo vos tenho dado como a erva verde.”

1.      Distinção já havia sido feita antes da entrada dos animais na arca quanto a quais animais eram limpos ou imundos. Gênesis 7:2, 8-9

2.      A ordem de comer carne foi dada “como a erva verde”, ou seja, nas mesmas condições. Assim como havia ervas venenosas e espinhos que não deveriam ser comidos, havia animais imundos que não eram próprios à alimentação. Apenas nos tempos de Moisés foi dado o registro bíblico específico do que poderia ou não ser comido. Levítico 11:2

3.      Sendo que esta ordem foi dada logo após Noé ter saído da arca, se comesse dos animais imundos, grande parte destes teriam sido extintos, pois havia apenas um macho e uma fêmea de cada. Gênesis 7:2

Conclusão

É um dever religioso de cada cristão estudar seu próprio corpo e as leis que o regem, a fim de saber como preservá-lo para Deus como templo do Espírito Santo.

(991)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *